segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Mais Um Segredo Revelado de Como Garantir O Seu Emprego Na Austrália

Alguns leitores após lerem o meu artigo “Garanta O Seu Emprego Na Austrália” me escreveram perguntando se eu teria mais alguma dica de como poderiam arrumar um emprego ainda estando no Brasil ou em qualquer outro pais que não seja a Austrália. A boa noticia que tenho a todos é que possuo sim, não apenas uma dica mas varias! E como de costume vou procurar esmiuça-la em detalhes a primeira desta série como garantir o seu emprego na Austrália neste artigo abaixo.

Começo perguntando-lhe isto: você sabia que a Austrália também tem “Q.I.”? É isto mesmo, “Q.I.” tem o significado de “Quem Indicou”. Mas não se assuste que este QI está longe de qualquer semelhança do detestado “jeitinho brasileiro”, expressão a qual infelizmente já ate entrou no Wikipédia, mas isto é assunto para um outro artigo...

Muitas oportunidades de trabalho nunca são anunciadas em jornais, revistas, internet, etc. Na verdade a estimativa por parte dos especialistas em recursos humanos é que mais da metade dos cargos vagos na Austrália são preenchidos por uma rede informal e nunca são formalmente anunciados. Muitas vezes o chamado  "mercado das vagas ocultas", cujas vagas só podem ser descobertas ​​através das “redes de conhecidos” ou na chamada “ligação fria” (Entendendo-se como “ligação fria” o ato de você bater na porta da empresa ou de fazer uma ligação/e-mail não solicitado, oferecendo-se para trabalhar). Estas técnicas estão entre as formas mais poderosas e eficazes de encontrar um emprego no momento, e com planejamento e prática você irá aumentar a sua confiança na utilização das mesmas e garantir o seu emprego na Austrália.

No entanto o sucesso da técnica acima é praticamente condicionada para aqueles que já são profissionais experientes e que tenham um inglês fluente. Mas novamente não se desespere que eu não me esqueci da grande maioria, que não tem ainda uma profissão definida ou muito menos um inglês fluente. Na verdade a maioria absoluta dos jovens brasileiros e portugueses veem para a Austrália para primeiro estudar inglês objetivando adquirir a tal fluência na língua para então investir na carreira profissional. E enquanto isto acontece querem ou precisam trabalhar para terem um retorno mais rápido de seu investimento.

Portanto se você se encontra ou não no primeiro seleto grupo descrito acima, esta dica será importantíssima para você penetrar no famoso "mercado das vagas ocultas" encontrando a sua sonhada vaga como 'engenheiro' ou simplesmente como 'garçonete' e garantir o seu emprego na Austrália.

Como foi explicado acima, mais da metade das vagas em quase todas as áreas de serviços ou produção existem e nunca são anunciadas em jornais, revistas, internet, etc. Então como pode imaginar a ideia mais natural que eu acredito que teria para descobrir se aquele restaurante australiano onde o seu amigo trabalha em meio-período possui alguma outra vaga de emprego , seria passando um e-mail e perguntando ao seu amigo. Simples e correto, não é verdade? Não teria nada contra esta sua tentativa, mas há algumas desvantagens na mesma que acho interessante tomar nota.

A primeira e grande desvantagem é que não são todos que possuem amigos já trabalhando na Austrália e muito menos na mesma área que desejam ou simplesmente na posição de indicar qualquer emprego a você...A segunda desvantagem mesmo que tenha tal amigo ou amiga já na Austrália, por mais que seja a boa vontade que possuam, o conhecimento que os mesmos possuam o que ocorre a sua volta é limitado devido ao fato que também estão ainda aprendendo inglês! Eu sei que é chato dizer isto, mas é a pura verdade! Olhe a sua volta no país aonde está, e verifique se a maioria das pessoas que não dominam o português tem o mesmo entendimento de mundo que você? Tem mais desvantagens, mas vou parar por aqui esta lista, já que este artigo não tenta ser nenhuma tese de mestrado nesta área social... Vamos falar da solução agora!

A solução a qual eu acredito, é a chamada de comunidades brasileiras (ou portuguesas). Mas não pense você que estou me referindo as dezenas de comunidades virtuais que abundam a internet. Não é isto. Estou falando de comunidades brasileiras com sedes físicas na Austrália. Comunidade brasileira que seja reconhecida oficialmente tanto pelos governos do Brasil e da Austrália e de preferência que seja uma organização sem fins lucrativos. Um bom exemplo, é o Conselho da Comunidade Brasileira na Austrália (BraCCA – www.bracca.org).

O Bracca foi a primeira comunidade brasileira criada na Austrália e consequentemente é a mais antiga e representativa em toda a Austrália. A maioria dos seus membros constituem-se de brasileiros que já vivem na Austrália há varias décadas. Ou seja, este pessoal na sua grande maioria já ate mesmo se tornaram cidadãos australianos e possuem um vastíssimo conhecimento do que acontece na Austrália. E você pode tirar vantagem disto, sabia?

Se você está com planos de estudar e trabalhar na Austrália, por exemplo, saiba que uma comunidade como o Bracca, tem escrito ate nos seus estatutos a missão de ajudar os brasileiros não importando que o seu visto seja de turista, estudante, permanente ou mesmo que não tenha um, desde que não solicite nada que seja considerado ilegal! Pois se você disser ao Bracca que esta chegando na Austrália como estudante e que, por exemplo, não fala nada de inglês mas que gostaria de arrumar um emprego para cuidar de crianças pequenas brasileiras, o Bracca tem condições de divulgar esta sua disponibilidade entre os seus associados. Ou seja, você percebe que nesta divulgação as suas chances de já garantir o seu emprego na Austrália já aumentam em mais de 1000%!!! Creio que seria ate desnecessário dizer que isto é valido para todas as profissões, já que o Bracca tem entre os seus associados brasileiros que trabalham como médicos, engenheiros, advogados, especialistas em computação, dentistas, psicólogos e etc. Sorria agora, pois você poderá fazer o mesmo para encontrar a sua acomodação, ter dicas de transporte, ter dicas de compra de telefone celulares, comida, abrir conta bancaria, da cultura local e etc e etc... através da rede de amigos do Bracca.

A única exigência que terá por parte do Bracca é que primeiro torne-se membro. No meu ponto de vista, nada mais justo, pois similarmente a um clube, você tem direito aos seus benefícios ao se tornar sócio. E para tornar-se membro do Bracca é muito simples e barato! Você poderá fazer tudo pela internet e pagar apenas AU$25 por ano! E dependendo da sua profissão, poderá ate mesmo negociar a sua anuidade que seja 'na faixa' (grátis) trocando por algumas horas voluntárias de seu trabalho ao Bracca. Quero não me esquecer que os nossos irmãos portugueses também são bem-vindos ao Bracca! Portanto não se acanhem! Se você acreditava que a sua agencia de intercambio estava te ajudando, é por que você ainda não conhece os voluntários maravilhosos do Bracca.

Eu recomendo que antes de bater na porta do Bracca ou de qualquer outra comunidade séria, certifique-se com as autoridades imigratórias australianas em seu pais qual seria o visto australiano mais adequado aos seus propósitos de trabalho. E como um ultimo alerta apelaria para não cair na tentação de solicitar um visto de turista para este proposito, pois é terminantemente proibido realizar qualquer atividade remunerada na Austrália com tal visto e o Bracca ou qualquer outra comunidade séria não lhe ajudará se tiver tais propósitos. Recomendo que faça o correto e legal desde o inicio para que obtenha exito na garantia de seu emprego na Austrália.

Portanto seja qual for o tipo de visto australiano que estiver obtendo recomendo que sempre procure uma orientação imigratória profissional ou consular, sabendo-se que a profissional não vai lhe custar nem mesmo 5% do que já esta investindo mas o potencial da economia a ser feita é de 100% ou mais. Pense nisto!

Você tem uma ideia de como estas medidas poderão afetar efetivamente a sua decisão ou planos de Austrália? Independentemente da sua decisão é recomendável que procure a ajuda profissional para entender os seus direitos ou mesmo descobrir se você ou algum conhecido ou familiar estará afetado de alguma forma ao explicado acima.

Ate a próxima!

MaCson Queiroz JP
Registered Migration Agent # 105673

Nenhum comentário: