quinta-feira, 15 de abril de 2010

AUSTRÁLIA: PROPORCIONA UMA OPCÃO ECONOMICA AOS ESTUDANTES

Não há dados oficiais mas, a percepção que tenho dos estudantes internacionais, incluindo os brasileiros que estudam na Austrália  a maioria possui uma profissão. A qual normalmente foi adquirida na realização de algum curso universitário ou técnico em seus respectivos paises de origem.


Agora não e’ necessário fazer-se muita pesquisa para constatar que dentro deste grupo há muitos estudantes brasileiros que encontram inúmeras dificuldades financeiras para pagar os respectivos custos de seus cursos e de estadia aqui. E pouquíssimos sabem da existência de um visto chamado “Visto Ocupacional para estagiário” (conhecido pela sigla inglesa como “Occupational Trainee Visa”).

Este visto oferece inúmeras vantagens em relação ao visto de estudante para todos aqueles que estejam fazendo cursos não profissionalizantes. A primeira delas e’ que o mesmo simplesmente não requer que você esteja matriculado em qualquer escola. Ou seja, faca as suas somas e calcule de imediato os milhares de dólares que você poderia economizar apenas neste item!

A segunda vantagem esta na própria taxa governamental solicitada para este visto que e’ de apenas AU$260 (a taxa para o visto de estudante hoje e’ de AU$540). Ou seja, somente aqui mais uma economia de AU$280!

Uma outra grande vantagem, a qual tenho quase certeza que agradara a todos e’ no diz respeito as horas de trabalho permitido. Como você deve saber o visto de estudante com raríssimas exceções não permite que você trabalhe por um período superior a 20 horas semanais. Neste visto não existe tal restrição.

Agora você deve estar-se perguntando como que eu faço para adquirir este visto de ‘trainee’? Como o próprio nome do visto sugere, este visto exige que alguma empresa ou organização ofereça-lhe um programa de treinamento na sua área de formação ou de experiência. Mas não pense você que arrumar uma empresa que possua tal programa seria tão difícil como achar uma empresa que lhe ofereça um contrato de trabalho como profissional sob o famoso ‘457’ (“Temporary Business (Long Stay) - Standard Business Sponsorship”). Isto não esta correto, já que ao contrario do ‘457’ o visto de ‘trainee’ não exige dos empregadores que lhe pague um salário mínimo estipulado pelo governo, e isto se constitui o maior atrativo aos empresários locais para tal visto. Ou seja, você poderá negociar diretamente com o seu empregador de quanto será o seu salário.

Há outros inúmeros aspectos interessantes neste visto que gostaria de explicar-lhe, mas ficara para a proxima.

Voce tem uma ideia  de como estas medidas poderao afetar efetivamente a sua decisao ou planos de Australia? Independentemente  da sua decisao e’ recomendavel que procure a ajuda profissional para entender os seus direitos ou mesmo descobrir se você ou algum conhecido ou familiar estará afetado de alguma forma ao explicado acima.

Ate a proxima!


MaCson Queiroz JP - Registered Migration Agent # 105673.

Nenhum comentário: